Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

31-07-2016 Bernina Diavolezza - Lej da Diavolezza - Sass Queder, Pontresina, Grisons, Suisse

texto e fotografias: Xavier

Começamos esta caminhada no enorme parque de estacionamento de Diavolezza(2093m), subimos para S, na mesma direcção do teleférico, quando começámos estava nevoeiro e chuva miudinha, lá fomos subindo na esperança que a coisa melhorasse, pelo contrário, pouco depois de passar no Lej da Diavolezza(2573m) começou a chover forte, já tínhamos feito mais de metade da subida pelo que continuámos e ficou logo ali decidido que íamos descer pelo teleférico.
Subimos ao Sass Queder(3066m) mas não víamos rigorosamente nada à nossa volta e estava um vento gelado, descemos rumo ao teleférico(2973m) a um passo acelerado, lá chegados comemos algo e o totalmente inesperado aconteceu, o nevoeiro levantou, parou a chuva e até se via céu azul, foi bizarro, subimos umas 2h30m sempre com a companhia da chuva e de repente em 5 minutos víamos a estrondosa paisagem que nos rodeava, são vários os picos a rondar os 4000m incluindo o Piz Bernina(4048m) e vários glaciares.
Quando iniciámos a caminhada tínhamos em mente passar pelo Mont Pers(3203m) e descer pelo caminho alpino que segue pela aresta N mas a chuva constante baixou-nos a moral. Descemos pelo teleférico e quando regressámos ao parque de estacionamento estava um Sol radiante, aproveitámos para secar algumas coisas e fomos até ao Bernina Pass(2310m) onde pela primeira vez vimos caixotes do lixo especiais anti-urso, que moca!
Aproveitámos enquanto o Sol brilhava para jantar, pouco depois apareciam as nuvens negras vindas de St. Moritz, em menos de meia-hora a chuva e a trovoada chegavam ao colo, não tivemos outra hipótese senão ficar no interior da carrinha. Umas horas depois chegava a hora de dormir, tranquilos como sempre.
Alguns registos

360 Diavolezza

Diavolezza




e não se via porra nenhuma


Lej da Diavolezza



Sass Queder
Sass Queder

e de repente
brutal


teleférico Diavolezza


o Mont Pers à direita



até parecia um dia diferente



Passo del Bernina

Passo del Bernina



bom apetite


e chega o mau tempo



os caixotes do lixo anti-urso

30-07-2016 Zervreila - Guraletschsee - Fanellgratli - Fanellhorn, Vals, Grisons, Suisse

texto e fotografias: Xavier
ficha técnica:
distância: 12,5km
subida total: 1100m
descida: 1100m
altitude máx: 3123m
altitude min: 1984m
caminhada efectiva: 4h30m
tipo: linear
track: aqui

video do dia

Este ano o feriado nacional da Suiça, o primeiro de Agosto, calhou a uma segunda-feira, o que significou mais 3 dias de montanha, a meteorologia não esteve top mas são coisas que não controlamos. Aproveitámos estas mini-férias para conhecer uma outra parte deste belo país, a Sudeste, o cantão dos Grisões.

Na Sexta-feira que antecedeu o fim de semana fomos dormir ao Oberalppass(2044m), fronteira entre os cantões Uri e Grisons, a 3 horas de distância de Monthey(Valais). Já tínhamos estado neste colo mas nunca tínhamos ido para leste. Partimos em direcção ao vale de Vals, lá chegados fomos bem informado no posto de turismo e ficámos logo ali a saber que existem na área 3 picos com mais de 3000m com trilho marcado até chegar aos mesmos, a ideia não era ficar por ali os 3 dias pelo que escolhemos um, o Fanellhorn(3123m), subimos de carro até onde é autorizado(1984m), um parque de estacionamento acima de barragem de Zeivrela, o parque estava bem composto, a zona é bem bonita.
Mala pronta começamos a caminhada subindo para leste seguindo a direcção do lago Guraletschsee(2410m), com uma hora de caminhada passamos neste belo lago, interessante a área envolvente com o Fanellhorn como um farol.
Contornamos o lago pelo lado esquerdo e retomamos a subida, desta feita para sul, 50 minutos depois passamos no colo Fanellgratli(2710m), neste ponto à nossa frente destaca-se o Chilchalphorn(3040m) com o seu pequeno glaciar pendurado na face oeste, o dia continuava bonito, melhor que o previsto. No colo as marcações passam para azul e branco(caminho alpino), unicamente devido ao tipo de terreno.
Com 2h45m de caminhada chegávamos ao pico Fanellhorn(3123m), andavam por ali alguns caminheiros, tudo bem disposto, a vista é muito bonita e em toda a volta não se vê nem teleféricos nem aldeias, dando um aspecto selvagem. Almoçámos por ali em t-shirt e ficámos por ali uma hora a admirar a paisagem.
Chegava a hora de regressar, à falta de alternativas descemos pelo mesmo caminho, tranquilos, estávamos encantados com este primeiro dia no cantão dos Grisões, quando passámos novamente no colo Fanellgratli era bem visível uma coluna de nuvens de vários tons de cinza vinda de Oeste, 10 minutos depois já não havia céu azul, aceleramos um pouco o passo e ao passar novamente no lago Guraletschsee(2410m) começa a trovejar e a chover, impressionante como o tempo mudou em meia hora, a trovoada estava tão próxima que pensámos logo em deixar ali os bastões, foi ali que decidimos que íamos correr até carro e aí é que começou a chover forte, que dia maluco...
Chegados ao carro continuamos a viagem para leste em direcção de Chur, pouco antes de lá chegar aproveitámos uma pausa da chuva e fizemos o jantar. Repasto tratado conduzi até Silvaplana, já bem perto de St. Moritz, procurámos um parque tranquilo e dormimos por ali. Que dia intenso.
Vamos aos registos

Zervreila





a Xarah







o Fanellhorn

a Xarah no refresco
Guraletschsee e o Fanellhorn

Guraletschsee e o Fanellhorn


Fanellhorn


Fanellhorn
Fanellgratli


Fanellhorn

Chilchalphorn


a tola na neve


as cores

tá quase



360 Fanellhorn
panorama S

panorama O




nós por cá

Chilchalphorn
o que sobre do Fanellgletscher

panorama NE

panorama O

nós por cá

adeus céu azul



Guraletschsee e Fanellhorn

ok, é hora de correr


a tempestade