Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

29-12-2016 Pregasina - Bocca da Lé - Cima al Bal, Lago di Garda, Italy

texto e fotografias: Xavier
ficha técnica
distância: 7,15km
subida total: 777m
descida: 777m
altitude máx: 1260m
altitude min: 500m
caminhada efectiva: 2h30m
tipo: linear
track: aqui


video do dia

De barriga cheia fomos ao posto de turismo de Riva del Garda onde se pode comprar um óptimo mapa por 4€! Era dia de regressar a Monthey por isso não podíamos fazer algo grande, tínhamos no mínimo 6 horas de viagem para regressar.
Escolhemos ir até Pregasina(500m), a ideia passava por fazer um trilho em aresta mas não passou de uma ideia, o tempo não estava como no dia anterior, apresentando-se muito nublado.
De Pregasina subimos a encosta a oeste pelo trilho n429, na primeira bifurcação continuamos para norte e rapidamente passamos em Bocca da Lé(800m), deste ponto continuamos pelo trilho n.430 e após subir um pouco pelo interior da floresta chegamos à aresta, em várias secções o trilho é exposto e a utilização dos 4 membros é bastante útil, passo na citadella militaire , continuando rapidamente passo na Cima Bal(1260m), onde analisei o mapa e esqueci a ideia de continuar pela aresta, não tinha tempo para isso, apreciei a bela vista deste humilde pico e regressei pelo mesmo caminho a um ritmo acelerado. Uma coisa é certa, iremos regressar à zona do Lago di Garda, há muito muito para fazer por lá.
Vamos aos registos
Pregasina






Pregasina e Lago di Garda























Cima al Bal
360 Cima Bal
Cima al Bal

Lago di Garda

28-12-2016 San Michele - Pirello - Monte Pizzocolo - Passo di Spino - Pra del Pero, Parco Alto Garda Bresciano, Lago di Garda, Italy


texto e fotografias: Xavier
ficha técnica
distância: 19,92km
subida total: 1220m
descida: 1220m
altitude máx: 1581m
altitude min: 387m
caminhada efectiva: 5h
tipo:circular
track: aqui

video do dia

San Michele(387m) - Pirello - Le Praae - Monte Pizzocolo(1581m) - passo di spino - pra del pero

Aproveitámos mais umas mini-férias para dar um salto a um dos países vizinhos, desta feita fomos passar 3 dias à região do Lago di Garda, na Itália. Tínhamos em mente ir directos para a ponta norte, para Riva del Garda, acontece que apanhámos muito trânsito em Milão e ficámos pela parte sul do lago, em Salò, onde chegámos às 21h, faziam uns simpáticos 12.C, perfeito para dormir na carrinha, encontrar um parque de estacionamento mesmo ao lado do lago não foi problema.

Depois de uma noite bem dormida fomos ao posto de turismo buscar informação, fui muito bem aconselhado, a caminhada sugerida foi a subida ao Monte Pizzocolo(1581m), o ex-libris da região.
Partimos de San Michele, mais concretamente de Colomber(387m), seguimos as indicações para o rifugio pirlo, trilho n.8, numa primeira fase avançamos por uma estrada asfaltada e pouco depois embrenhamo-nos na floresta depenada seguindo por uma estrada de terra batida. Infelizmente estava a haver uma batida ao javali e eram constantes os tiros assim como os placares a avisar aos caminheiros para ter cuidado, isto em plena zona de parque natural, sem comentários.
Por volta dos 1030m passamos numa clareira, il Pirello, onde começamos a ter vista para o lago, o percurso fica mais suave e voltamos a entrar na floresta, pouco depois uma placa assinala uma alternativa de forma a não ter que passar no passo di spino e ir directamente para Dosso delle Prade(1352m) onde chegamos rapidamente, deste ponto as placas indicam 1h10m para o Monte Pizzocolo, continuamos por uma estreita antiga estrada militar e sucedem-se as vistas para o lago. Segue-se nova subida, ladeamos um monte a sul e eis que aparece o Monte Pizzocolo(1581m), o caminho para lá chegar é evidente e está bem marcado, não há como enganar. Com 3 horas de caminhada chegávamos ao Monte Pizzocolo(1581m), as vistas são bonitas, vê-se uma grande parte do Lago di Garda, é um pico muito simpático e bastante frequentado, almoçámos por ali, para um 28 de dezembro estava uma temperatura super agradável. Ficámos por ali uma boa hora, Estava-se tão bem, entretanto retomámos a caminhada, descemos até Dosso delle Prade pelo mesmo caminho e chegados a este ponto continuamos pelo trilho n.1 rumo ao Passo di Spino(1160m) descendo pelo interior da floresta, chegados ao colo despedimo-nos do Sol e voltamos a entrar na floresta iniciando o longo regresso ao carro onde chegámos já de noite passando por várias pequenas cascatas, terminámos esta bela caminhada com 20km percorridos em 5 horas, foi uma óptima sugestão dada pela colaboradora do posto de turismo.
Já de carro rumámos à ponta norte do lago, a Riva del Garda(73m), onde vimos um sistema de informação de ocupação de hotéis como nunca tínhamos visto, ali na hora ficávamos a saber quais os hotéis disponíveis e os que aceitavam só reservas de uma noite, um sistema muito à frente.
Vamos aos registos
perto do local de início
















Lago di Garda

















Monte Pizzocolo







Lago di Garda


Monte Pizzocolo
panorama N

panorama E

360 Monte Pizzocolo

panorama O



Lago di Garda





nós no Pizzocolo






Passo di Spino



exposições manuais