Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

06-02-2016 Ravoire - Arpille - Mont de l'Arpille, Martigny, Valais, Suisse

texto e fotografias: Xavier

Num dos livros das edições Olizane sobre itinerários de ski de rando aparece este percurso que apresenta um grau de dificuldade fácil, pareceu-nos bem para este Sábado.
Ao passar em Martigny notamos logo que a aquela região do baixo Valais tem mais neve que a região onde moramos, o Chablais. Antes de chegar ao Col de la Forclaz saímos para Ravoire(1250m), onde iniciámos o percurso logo com os skis calçados, ganhamos altitude pelo interior da floresta durante uma hora, perto de Arpille(1600m) a floresta fica menos densa até que em Arpille a paisagem torna-se numa grande chã com pouca inclinação e é facilmente identificável o objectivo, o Mont de l'Arpille(2085m), é um belo local para praticarmos o fora de pista.
A neve uma vez mais estava impecável, muita neve fresca, uma hora depois de passar em Arpille chegava ao Mont de l'Arpille(2085m), ao longo da subida, nas minhas costas iam-se alargando as vistas para o vale do Rhone, no Mont de l'Arpille(2085m) tirei as peles de foca dos skis e desci pelo mesmo caminho, desta feita a neve manteve-se top até regressarmos ao local de início, foi uma descida bem positiva, esquiar começa a ser cada vez mais interessante e viciante!
À semelhança do Pointe de Bellevue, este é um óptimo percurso para praticar o fora de pista.
Alguns registos
360 Mont de l'Arpille
 local de início
 Le Catogne à direita











 Grand Combin

 umas boas dezenas de cms de neve fresca


 Mont de l'Arpille
 e o vale do Rhone nas nossas costas







 Mont Blanc ao centro envolto nas nuvens


 Grand Combin
 vale do Rhone
 Dent de Morcles à esquerda e Grand Chavalard à direita

 panorama E

23-01-2016 Champerene - Chanso - Pointe de Bellevue, Chablais, Valais, Suisse

texto e fotografias: Xavier

Depois de várias tentativas falhadas em 2015 para atingir o Pointe de Bellevue(2045m) nesta primeira tentativa de 2016 chegamos lá.
Partimos de Champerene(1300m), a orientação a seguir até ao Pointe de Bellevue é sempre NO, pouco depois de começarmos passamos em Chanso(1500m), a neve estava impecável, tinham caído umas boas dezenas de cms nos dias anteriores, depois de passar em Chanso é possível ver o objectivo, o Pointe de Bellevue, as perspectivas eram animadoras, o tempo estava a condizer.
1h30m depois chegávamos à cruz no Pointe de Bellevue(2045m), ficámos por lá algum tempo a apreciar as vistas, talvez tempo demais porque na descida a neve já encontrava gelada até Chanso, completamente diferente da subida, o percurso da descida foi sensivelmente o mesmo do da subida.
Foi uma bela primeira saída a skis em 2016 com um desnível interessante de 800m.
Alguns registos.

360 Pointe de Bellevue




 Dents du Midi

 Chanso
 Chanso




 Pointe de Bellevue
 Pointe de Bellevue








 Muverans, Dent Favre e Dent de Morcles

 montanhas do Chablais à esquerda e Lac Léman
 Lac Léman
 panorama E
 Dents du Midi


 Grand Combin
 a Xarah

 Pointe de Bellevue
 Monthey na base do vale
 Sommet des Diablerets
 Mont Blanc ao centro
 nós no Pointe de Bellevue
 cruz no Pointe de Bellevue
 montanhas de Chablais
 Dents du Midi