Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

19-3-2011 Trilho da Vezeira, Fafião

Muito havia a escrever sobre este dia mas vou tentar ser breve, trilho agressivo, daqueles que o esforço é compensado assim que se dobra a encosta, são muitos os pontos de interesse, vários currais, abrigos, e se as Sombrosas não fossem suficiente marcantes ainda tivemos a sorte de avistar cabras montesas precisamente do lado oposto às Sombrosas, graças a umas pedras que vieram por aí abaixo que nos chamaram a atenção e tumba!, todas a olharem para nós bem lá no cimo da escarpa, logo de seguida passamos no abrigo das fechinhas e toca de ganhar folego para uma subida longa até à Rocalva, tempo para o repasto e a partir daí é sempre a descer até ao rio, passando pelo Videirinho e pela cabana Pradola tendo em conta que começamos o trilho pelo lado do Porto da Laje. Trilho incrivelmente fantástico

Inicio sempre a subir gradualmente






Lá estão elas à sombra!


esta parte nem parece um trilho do parque nacional, são raros os trilhos que caminhamos sempre a meia-encosta, magnífico

hum...já estão mais perto



Impressionante



abrigo do Porto da Laje

Albufeira convidativa


Cabana Touça

Touça

aí estão elas!


Ok Xarah toma lá o teu momento!

mais uma

hum...já agora outra

e foi aqui perto que ouvimos as pedras a cair encosta abaixo

+/- a meio da foto, lá estão elas!

!


abrigo das Fechinhas(Fichinhas)

O Conho ali?? Ah pois é!! na subida para a Rocalva existe um angulo onde é possível vê-lo


Que penedos!! Rocalva e Roca Negra


hum.... as Albas lá ao fundo? Incrivel esta Serra do Gerês!!!


Prado da Rocalva!! O mais bonito de sempre?? ainda não os conheço todos!

abrigo Videirinho

Prado Videirinho

Credo, que vista!!



Cabana Prado Lã com vista priveligiada para os Bicos Altos


Bicos Altos


Tanto mijam as cabrinhas que deixam a pedra toda esbranquiçada!
Um abraço ao camarada que levou a track, caso contrário não tinhamos conseguido fazer o trilho na íntegra. Volto a repetir, este trilho é fabuloso!!!

6 comentários:

  1. Olá Xavier.
    O prado que referes não é o Iteiro de Ovos, apesar desse prado não ficar muito longe, esse prado é o Videirinho.

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pela correcção! Realmente na carta o trilho não passa no Iteiro.

    ResponderEliminar
  3. Olé!

    Passei por essas bandas no dia seguinte, fui com a esperança de ver as cabras...mas não tive a mesma sorte!Mesmo assim valeu a pena!Não se consegue é transmitir a imponência das Sombrosas através das fotografias, não é? Só estando lá mesmo, é magnífico!!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. Olá Lírio!

    Tivemos mesmo muita sorte, aquela zona como ardeu , não existem raízes para segurar as pedras, porque se fosse numa escarpa vulgar tinhamos passado pelo vale sem sequer notar a presença delas apesar de ter o hábito de andar constantemente a olhar para os topos à procura de presença animal.
    é verdade , nem que colocasse as fotos em tamanho grande! Como o trilho passa em todo aquele vale com todas aquelas perspectivas, mesmo ardido é brutal, é daqueles cenários para ficar como ambiente de trabalho durante meses!

    Fica bem
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Soberbo ... Mesmo com as fotos em tamanho "pequeno".
    Um abraço
    Ramiro Gaspar

    ResponderEliminar
  6. Ramiro!

    Antes de mais espero que esteja tudo em ordem por aí!

    Sei que partilhas o gosto pela Natureza!
    Cheguei a ter as fotos em tamanho original mas assim sendo teria que fazer um blog por ano, e não vale a pena, isto é só uma brincadeira.

    Grande Abraço
    Xavier

    ResponderEliminar