Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

27-04-2013 Peneda - Calçada da Quelha Escura - Chão da Roca - Curro da Velha - Chã de Matança - Tieiras, Serra da Peneda, PNPG

Esta caminhada tem vários pontos comuns com outras já aqui descritas. Partimos da Peneda(700m), passamos a ponte e começamos a subir logo atrás das primeiras casas, pouco depois "entramos" na calçada da Quelha Escura, antes de chegar à Branda da Felgueira Ruiva seguimos para Sul em direcção à nascente do Rio Armada passando por algumas zonas de prados, próximo da nascente, na fronteira entre os concelhos de Arcos de Valdevez e Melgaço ficamos com umas belas e amplas vistas para Sul e com uma outra zona de prados mesmo aos nossos pés, uns dias depois também numa caminhada por estas bandas tive a oportunidade de perguntar a um local o nome desta zona, será qualquer coisa como canto do corno(+/- aos 960m). Desta feita não descemos para o tal canto do corno, começámos a flectir para Este rumo a Chão da Roca(1010m). Após passarmos um ribeiro, antes de passar ao lado primeiro cercado vimos uma raposa a esgravatar dentro do cercado, por ali ficámos a observá-la durantes largos minutos até ela se afastar sem nos ter visto. Pouco depois passávamos no Curro da Velha, continuámos pelo PR do Curro da Velha  durante poucos minutos e quando o trilho começa a descer a encosta saímos à esquerda, continuamos para NO, próximo de Salgueiral continuamos para Norte passando em mais uma série de prados até chegar à Chã da Matança(1080m) onde almoçámos tranquilamente, de Norte vinha mau tempo e o vento tava a puxar chuva, mas em vez de chuva caiu neve enquanto almoçávamos, impecável. Repasto tratado descemos até à base do vale em Tieiras(860m), passamos na ponte sobre o Rio de Tieiras que mais a Sul se chama de Peneda, passamos ao lado de uma casa florestal ao abandono e continuamos para Sul pelo caminho lajeado sempre na base do vale e próximo do rio até ao local de partida. Total de 15km. A caminho de casa, no miradouro da fraga das pastorinhas parei o carro, ao olhar para o céu, lá estavam eles, um grupo de 5 abutres, que bom revê-los por estas bandas, mais um motivo para me perder por ali mais vezes. Alguns registos do dia.
percurso




Peneda








estava mesmo numa de posar para a foto




Xarah


pelo que percebi será nesta zona o canto do corno



Chão da Roca


a dita raposa, estas foram as fotos possíveis com o que temos...

Curro da Velha
Curro da Velha
Curro da Velha
Curro da Velha

um zoom ao Azevinheiro






Água Santa
espetacular cenário











bem bom para uma emergência...



neve a cair...
e o tempo mudou

e mudou novamente
um zoom ao Outeiro Alvo
toma lá uma trinca


casa florestal

Rio de Tieiras

Xarah

abrótega
abutres

2 comentários:

  1. Boa :) os abutres novamente! bem apanhados!

    a data do título do post (27 de Abril) foi a da realização do trilho?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá bé,

      é verdade, foi uma óptima surpresa!
      sim, foi a data, aliás coloco sempre a data correspondente ao dia do percurso.

      Cumps
      Xavier

      Eliminar