Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

31-07-2015 Miex - Lac de Taney - Alamont - Col des Crosses - Le Grammont - Pointe de la Chaumény, Chablais, Valais, Suisse

texto e fotografias: Xavier
ficha técnica
distância: 17km
subida total: 1250m
descida: 1250m
caminhada efectiva: 5h
altitude mínima: 1060m
altitude máxima: 2172m
tipo: circular
track: aqui

Mais um dia bem passado aqui nas montanhas atrás de casa, a região do Chablais, parti de Miex Le Flon(1060m) rumo ao Lac de Taney(1440m), com meia-hora de caminhada passo no Col de Taney e contorno o lago pelo lado direito, ao pé de uma pequena construção saio à direita num trilho estreito e pouco perceptível direcção N, sem as habituais placas amarelas, subo até um pequeno colo e viro à esquerda também por um trilho pouco perceptível ao início, pouco depois começo a subir a encosta bem íngreme rumo ao Alamont(1900m) onde passo com 1h45m de caminhada, daqui é possível ver o próximo objectivo, o Le Grammont(2172m) assim como o pico bicéfalo Les Jumelles, todo o vale do lago do Lac de Taney até às Cornettes de Bise, mais distante o Mont Blanc, Grand Combin, Dents du Midi, Muveran e ainda mais distante começam a aparecer, Matterhorn e mais a Norte, os 3 irmãos, Eiger, Monch e Jungfrau, foi uma agradável surpresa a vista desde este modesto pico.
Continuo pela encosta do Le Grammont por um trilho sem desnível que vai de encontro ao estradão um pouco mais à frente, no estradão retomo a subida, pouco depois passo no Col des Crosses(1971m), volto a passar no sopé do Le Grammont agora pela encosta a Oeste, passo ao lado de uma barraca de guardar o gado e logo de seguida num pequeno colo de onde já é possível ver o Lac Léman, mais de 1500m abaixo, continuo para a direita sendo a subida final para o Le Grammont(2172m), chegado ao Le Grammont fiquei uma vez mais pasmado com a espetacularidade da vista, é agora ainda mais fácil identificar bem ao longe picos importantes dos Alpes a Este, Eiger, Monch, Jungfrau e Matterhorn, mais próximos e a Sul o Mont Blanc, Dents du Midi, Grand Combin entre tantos outros, a O a continuação do Chablais que bordeia o lago e a N o Lac Léman ali mesmo ao lado, impressionante, almocei por ali e a Xarah acompanhou-me numa turbo siesta (sesta de 15 minutos).
Ao olhar na direcção de St. Gingolph há um pico que me chamou a atenção, a Pointe de la Chaumény(2067m) que fica literalmente com o lago aos pés, abordei-o tentando seguir pela aresta mas quando tal não era possível descia a encosta a Este. Regressei ao pequeno colo que antecede a subida para o Le Grammont, passo novamente no Col des Crosses e segui sempre pelo estradão até ao lago de Taney, a descida até Miex foi pelo mesmo trilho da subida com o céu a ficar cada vez mais nublado terminando assim este belo dia.
Registos fotográficos

360 Le Grammont
Les Jumelles à esquerda e Alamont à direita
Taney
Lac de Taney



encosta S do Alamont
Grand Combin à esquerda e Dents du Midi à direita
a Xarah
Monte Branco à direita


perto do Alamont
alargam-se os horizontes
Alamont
360 Alamont

360 Alamont
Le Grammont(2172m)
Les Jumelles
Sommet des Diablerets à esquerda, Muverans e Grand Combin à direita
da esquerda para a direita Grand Muvera, Petit Muveran, logo de seguida a ponta do Matterhorn e mais à direita o Dent de Morcles
o inconfundível Mont Blanc
panorama S
panorama O
a Xarah e eu no Alamont
a Xarah
Alamont
uma vez mais Les Jumelles

vista desde o Col des Crosses

pequeno colo antes da subida final à direita para o Le Grammont
voilà, o  Lac Léman




perto do Le Grammont

cruz do Le Grammont
Monte Branco
Grand Combin

ao fundo à esquerda Eiger, Monch e Jungfrau, panorama E
panorama O
panorama S


a Xarah

Pointe de la Chaumény

Grand Combin


cabredo
a Xarah a controlar o cabredo


Xarah, a cadela alpina
brutal a vista para o Lac Léman
panorama N
panorama S

360 Pointe de la Chaumény

e as nuvens começavam a cobrir o Monte Branco

a Xarah
pouco depois do Col des Crosses

Taney


Lac de Taney
 intervenção do helicóptero Air-glaciers

Sem comentários:

Enviar um comentário