Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

10-04-2016 Petit Vichères - Bavon - La Tèjere - Tour de Bavon, ski-randonnée, Liddes, Valais, Suisse

texto e fotografias: Xavier
ficha técnica:
distância: 10,28km
subida total: 826m
descida: 826m
altitude máx: 2453m
altitude min: 1577m
caminhada efectiva com peles de foca: 3h, descida ski: 1h, com paragens
tipo: linear
track: aqui



Mais um belo dia em perspectiva, com os teleféricos fechados foi a altura indicada para subir ao Tour de Bavon(2476m) e para levar a Xarah connosco.
Enquanto calçávamos as botas de ski estacionou ao nosso lado um simpático casal que ia fazer um percurso com as raquetes de neve, mais tarde, durante a descida cruzámo-nos novamente com eles e após alguns minutos de conversa ficámos espantados com as idades, tinham entre 75 e 85 anos e estavam ali a fazer um percurso de umas 5 horas, só recentemente deixaram de fazer ski de rando, eram portadores de uma frescura física e mental impressionante, o segredo dizem, é nunca parar.
Devidamente equipados e após trocar uns minutos de conversa arrancámos rumo ao Tour de Bavon, minutos depois ouvimos o grito das marmotas, estão de volta da hibernação, felizmente só tivemos que levar os skis às costas uns 10 minutos devido à falta de neve entre os 1600 e 1700m. Avançamos rumo a SO até encontrar o estradão, depois continuamos para S até ao início do suave vale de Bavon(2025m), flectimos para O percorrendo o vale de Bavon até ao Col de la Tejère(2267m), lá chegados a vista para o maciço do Monte Branco é avassaladora, desde o Mont Dolent(pico fronteiriço Itália/França/Suiça) até Champex-Lac.
A Tixa ficou por ali enquanto que eu e a Xarah continuámos para o pico, 30/45 minutos depois chegava à parte onde deixei os skis, os 50m finais fazem-se a pé, este Tour de Bavon(2476m) é um pico extremamente simpático, esta parte final é bem inclinada, com um leve carácter alpino, chegado à aresta somital é preciso fazer cuidado, toda a parte N da aresta conta com cornijas de neve, neste caso durante toda a subida tinha vista para essas cornijas, pelo que estava avisado do perigo.
Uma vez mais estava um dia maravilhoso, vistas abrangentes para o maciço do Monte Branco, Grand Combin, Dents du Midi, Le Catogne, Dent de Morcles...Fiquei por ali uma boa meia hora até iniciar a descida, a cereja no topo do bolo, a neve não estava tão sopa como pensávamos que iria estar, reencontro a Tixa no Col de la Tejère, o percurso da descida foi sensivelmente o mesmo da subida, a Xarah portou-se bem, nunca se aproximou dos skis, é muito mais do que uma companhia!
Uma boa hora depois de ter saído do Tour de Bavon(2476m) regressávamos ao local de início, super satisfeitos e prontos para outra.
Vamos aos registos
toca a calçar os skis





Crêta de Vella do lado esquerdo do outro lado do vale e o Tour de Bavon à direita
começa a aparecer o Grand Combin ao centro

Bavon


Vale de Bavon
Tour de Bavon

Col de la Tejère ao centro



aí está, o maciço do Monte Branco, Mont Dolent à esquerda

Vale do Rhône



ao centro o Petit Col Ferret


perto do Tour de Bavon



face S
a Xarah no Tour de Bavon
bem visível a cornija de neve


360 Tour de Bavon
face N
maciço do Monte Branco, panorama O

panorama N

panorama E

vale entre o Val d'Entremont e o Val Ferret
panorama S

Dents du Midi
Le Catogne e Dent de Morcles
Grand Combin
Mont Vélan
Mont Dolent


eu e a Xarah no Tour de Bavon




sai daí Xarah!


Tour de Bavon

Sem comentários:

Enviar um comentário