16/17-06-2018 Viagem para Lima e Huaraz, Peru



Há muitos anos que ir ao Perú faz parte de uma das viagens de sonho, sendo a visita ao Machu Picchu a principal razão da viagem. 
Com a idade mudam as ideias, em vez de irmos para Cusco decidimos ir para Huaraz, paraíso do trekking no Perú, a escolha é vasta e variada, desde percursos de 1 dia, 3 dias, até 10 e mais dias.
O objectivo principal desta primeira viagem ao Perú passava por fazer o Huayhuash Circuit, que é dos mais bonitos, inóspitos e menos frequentados, situado a Sul da Cordilheira Branca, esta cordilheira tem apenas 30km de comprimento por 15km de largura.
Como é hábito preparámo-nos integralmente antes de partir para a caminhada de 8/9 dias, supostamente só ao sétimo dia de caminhada é que podíamos comprar algo mas também lemos que poderíamos encontrar só queijo, de frisar que não existe qualquer infraestrutura tipo refúgio durante todo o percurso.
Se eu pensava que tinha carregado a minha deuter de 75lt a fundo quando fizemos o GR20 na Córsega desta vez é que foi, estava um sacalhão!
Resultado, a minha mala pesava 21,5kg, precisamente o máximo aconselhado uma vez que peso uns míseros 65kg, ou seja, ia carregar um terço do meu peso, a Tixa também levava sacalhão, uns simpáticos 12kgs.
Levámos quilos de comida leofilizada, estávamos completamente autónomos para 9 dias, até um painel solar levava para carregar os eletrónicos, é possível também fazer o percurso com os chamados arrieros, burros que levam o material dos clientes de acampamento em acampamento,  assim também como contratar guias.
A dúvida restava na nossa capacidade de caminhar em altitude uma vez que o percurso decorre constantemente entre os 4000m e os 5000m, já fizemos vários picos com mais de 4000m nos Alpes mas nunca tínhamos ficado mais 12h a mais de 4000m.

Para chegar ao Perú partindo de Genebra fizemos escala em Madrid e depois 12h de voo até Lima.
Chegados a Lima apanhámos um táxi até à Plaza Norte, custo 40 soles, onde existe um grande terminal de autocarros, deste terminal existem várias companhias a operar entre Lima e Huaraz, sendo a viagem de 400km, +/- 8horas, nós fomos com a Cruz del Sur, autênticos autocarros de luxo com a viagem a rondar os 90/120 soles por pessoa, à data que escrevo isto a cotação do Sol é 1Eur=3,8Sol.
Para nós foi a primeira experiência fora da Europa por isso foi um choque brutal passar em Lima mas foi uma boa introdução para o que iríamos vivenciar nas semanas seguintes.

Huaraz é capital de todas as actividades na zona, situa-se a 3060m de altitude e fica inserida no Calléjon de Huaylas, a Oeste tem a Cordilheira Negra e a Este a Cordilheira Branca, ambas com sensivelmente 180km de extensão paralelas ao Oceano Pacífico, é uma cidade com uma vida frenética e super barulhenta!

Normalmente os primeiros dias são dedicados a caminhar na zona entre os 3000m e os 4500m para uma boa aclimatação.

Sem comentários:

Publicar um comentário