Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

15-07-2012 Peneda - Branda do Poulo de Felgueira Ruiva - Couto do Osso - Chão da Matança, Serra da Peneda, PNPG

Da última vez que descemos do Pântano para a Peneda tinha saltado à vista um caminho lajeado limpo do outro lado da encosta que saía das proximidades da Peneda e que ia ter a uns belos prados, surgiu o dia para o percorrer. Saímos da Peneda rumo a Salgueiral, a tal zona dos prados, sentido SE e ao chegar aos prados sentido E, sempre em caminho lajeado, com marcações de GR, vermelha e branca, não estou a ver qual seja a GR, encontrei somente o percurso dos Romeiros no site da adere que tem uma parte em comum até onde abandonámos as marcações, passada a zona da Branda do Poulo de Felgueira Ruiva as opções são muitas, seguimos N e passámos por mais uns quantos prados com algum gado e garranos, naquela zona já não tínhamos vista para o Vale onde a Peneda se encontra, então decidimos subir novamente um pouco mais até à linha de cumeada para usufruir das vistas e por ali fomos até Couto do Osso onde a abordagem a Chão da Matança foi muito boa, belo sítio, dali descemos inicialmente por um antigo bosque maioritariamente de carvalho por um caminho perfeitamente nítido e por vezes largo até atingir a estrada que liga Lamas de Mouro à Peneda já depois de passarmos Tieiras, atravessamos o Rio Peneda e seguimos marcações GR até à Peneda maioritariamente na margem direita do rio, já na base do Vale por caminho lajeado e para finalizar um pouco de estrada asfaltada. Bela rota que deixou em aberto mais uma série de zonas a conhecer como por exemplo a abordagem a Pena Calva e à Fraga das Pastorinhas. Dados básicos, distância:12,3km, altitude mín.704m na Peneda e máx. 1170m perto de Couto do Osso.

Meadinha

caminho lajeado
Santuário da Peneda
Xarah


é uma subida acessível e que rapidamente nos coloca na cumeada


marcações GR
zona de Pinhal



este Prado é visível do Pântano



Branda do Poulo de Felgueira Ruiva
zoom ao VD Água Santa
Branda do Poulo de Felgueira Ruiva
antigo abrigo











que equilíbrio

parte inicial do trilho da Peneda na encosta oposta




formas

neste abrigo natural cabem à vontade umas 5 pessoas, a Xarah ajuda a dar noção do espaço


Chão da Matança
Chão da Matança

Chão da Matança


antiga casa-abrigo


espetacular esta parte inical de descida
que sombra agradável


erva-férrea

Satirão-macho







2 comentários:

  1. Ola amigos

    Mais uma vez uma caminhada lindíssima. Obrigada por partilharem o que de mais belo tem o nosso lindo Portugal.

    É um grande prazer ser seguidor do vosso blog.

    Abç
    Mountain4ever

    ResponderEliminar