Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

21-06-2015 Tsipis - Noveli - Col de la Meina - Pic d'Artsinol, Val d'Héremence, Valais, Suisse

texto e fotografias: Xavier
Ficha técnica:
distância: 14,22 km
subida total: 1402m
caminhada efectiva: 5h20m
tipo: circular
track parcial: aqui

O Pic d'Artsinol tem 2998m e com a cruz perfaz os 3000m, situa-se a Oeste de Evolène no vale de Hérens, a face norte é algo escarpada mas existe um trilho pela vertente Sul que leva ao pico com bastante facilidade.
Em Pralong(1608m) abandonamos a estrada que segue para a barragem Grande Dixence e seguimos por uma estrada sem saída que termina em Tsipis(1680m) onde estacionamos e começamos a caminhar, não tínhamos a certeza se conseguiríamos chegar ao Pic d'Artsinol, se desse porreiro, mas pelo menos queríamos ir até ao Col de la Meina(2702m).
Partindo de Tsipis começamos logo a ziguezaguear encosta acima sempre pelo interior da floresta até passarmos numa clareira, Noveli(2084m) onde passamos com uma hora de caminhada, continuamos para Este, o tempo esse estava instável, variando entre muito e pouco nublado, uma vez mais o nevoeiro cobria os picos circundantes enquanto a temperatura estava óptima, a rondar os 15ºC, curiosamente na direcção que subíamos era onde se via céu azul. Aos 2200m saímos da linha de árvores e almoçámos por ali, repasto tratado tínhamos duas opções, apontávamos a um colo mais próximo do Pic d'Artsinol ou seguíamos mais para Sul para passar no colo de la Meina, optámos pela segunda opção e passamos no Col de la Meina(2702m) com 2h30m de caminhada, do lado que tínhamos subido o terreno era rochoso e quando dobramos o colo vemos uns 3 pequenos lagos num terreno mais para o verde.
Descemos um pouco, passamos entre os lagos e pouco depois de caminhar para Norte apontamos ao tal colo que fica mais próximo do Pic d'Artsinol onde chegamos rapidamente. Deste colo bastam apenas ganhar 200m de desnível para chegar ao pico, a face Sul tem pouca inclinação e o trilho decorre sempre pela larga aresta, chegados ao pico o nevoeiro nos cumes circundantes continuava pelo que não deu para apreciar como deve ser a vista, esperámos uma meia-horita mas nada.
A Tixa regressou pelo tal pequeno colo e eu desci pela face Oeste, jogando com a orografia do terreno no meio daqueles caos granítico até chegar à zona de alpagem apontando a Noveli, atenção que esta parte do track é completamente fora de trilho. Com uma hora de descida passamos em Noveli e escolhemos uma versão mais longa para regressar ao local de partida, seguimos em direcção à barragem Grande Dixence enquanto vamos perdendo altitude gradualmente, sempre embrenhados numa antiga floresta, havia pedras que tinham uma cobertura de uns 10cm de musgo, foi mesmo para terminar em beleza, chegámos ao carro com 2 horas de caminhada desde o pico.
Vamos aos registos fotográficos







Grande Dixence ao centro
Noveli
Noveli





o Pic d'Artsinol atrás da cruz
o terreno rochoso
de novo a Grande Dixence

panorama Norte
Col de la Meina e os seus 3 lagos


cruz do Col de la Meina
panorama Este





Mont de l'Étoile



o tal colo
a parte final até ao pico
cada vez mais perto
Pic d'Artsinol
panorama Sul



Pic d'Artsinol
a Norte
nós por cá
Pic d'Artsinol




360 possível do Pic d'Artsinol


já na descida
muro da Grande Dixence


o musgo


deve ser bem antiga esta floresta


de regresso a Tsipis

Sem comentários:

Enviar um comentário