Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

31-05-2015 Taatsche - Belalp - Tyndalldenkmal - Oberaletsch - Hangbrucke - Teiffe Wald - Stausee Gibidum - Blatten, Aletsch region, Haut Valais, Suisse

texto e fotografias: Xavier

Que dia! Neste Domingo fizemos um trilho circular a passar entre Blatten, Belalp e perto de Riederalp com passagem numa ponte suspensa de 125 metros de extensão, num trilho duro devido ao constante sobe e desce e à sua extensão.
Partimos de Taatsche(1800), onde dormimos, e começamos a subir pelo interior da floresta rumo a Norte, em cerca de meia-hora passamos em Belalp(2094m) onde apontamos ao miradouro Tyndalldenkmal(2351m), ponto mais alto do dia, deste local é facilmente visível o Sparrhorn, um 3000 fácil e que já tem pouca neve, certamente que iremos lá durante este ano, deste ponto vemos também o vale que vamos atravessar assim como um bocado do glaciar Aletsch que se estende por 23km sendo o maior glaciar dos Alpes.
Contemplada a vista descemos para o hotel Aletschbord(2130m) que se encontra num sítio fantástico e que oferece uma vista muito idêntica ao miradouro, neste ponto ficamos um pouco assustados quando vimos que as placas amarelas indicavam 4 horas de caminhada até Riederfurka que era um ponto onde tínhamos de passar mas que ainda era muito longe do local de onde tínhamos começado, tínhamos que dar ao chinelo até porque depois tínhamos 2 horas de viagem até regressar a Monthey.
A partir do Aletschbord o trilho fica estrondoso, caminhamos na direcção do glaciar e descemos bastante, perdemos uns 550 metros de desnível até chegar à ponte suspensa, nesta fase em Oberaletsch fomos pastores durante uma meia hora, um grupo de cabras seguiu-nos durante uns bons 2km, de vez em quando davam-nos algum espaço como de repente corriam trilho abaixo na nossa direcção e nós quando parávamos elas também paravam e não nos passavam, a Xarah até estava um pouco assustada com o à vontade das cabras, vale a pena ver o vídeo.
Entretanto as cabras lá se cansaram de nos seguir e nós continuámos a descer gradualmente, passamos por vários grupos de ovelhas e percorremos uns 20 minutos em floresta antes da descida final rumo à ponte suspensa (Hangbrucke, 1599m), toda esta zona é mágica, vamos avançando por uma zona onde era glaciar há menos de 100 anos e começamos a ver a ponte muito antes de lá chegar, estávamos desertinhos para a atravessar, já tínhamos passado por outras pontes deste género mas não com mais de 100 metros de extensão, atravessá-la foi um dos pontos altos do dia, no fundo do vale corre o jovem rio Massa, vindo do glaciar Aletsch, apesar de super segura a ponte, admito que a adrenalina disparou.
Nesta zona da ponte estávamos comprometidos com o trilho, voltar atrás significava sempre umas 4h30m de caminhada, almoçamos assim que passamos a ponte e recomeçamos a subir na direcção de Riederfurka, passamos num pequeno lago onde há 80 anos era zona de glaciar e onde agora existe um pântano em formação, embrenhamo-nos na bela floresta Aletschwald, zona protegida e património mundial da Unesco da região do Jungfrau-Aletsch, sem passarmos por ninguém(adoramos quando é assim) avançávamos a bom ritmo, após uma hora nesta bela floresta chegámos a uma bifurcação em Teiffe Wald e continuamos para a barragem Stausee Gibidum, meia hora depois numa nova bifurcação em Nessul(1957m) continuamos novamente em direcção à barragem, depois de ganhar quase 500 metros em altitude era hora de voltar a perder outros 500 metros, descida essa que nos demorou 50 minutos até à barragem ziguezagueando montanha abaixo, passamos no paredão da barragem Gibidum(1436m) e em duas partes com várias estruturas metálicas que permitem o acesso a esse mesmo paredão e continuamos para Blatten(1456m), assim que podemos recomeçamos a subir rumo a Taatsche(1800m), subida essa que fizemos tranquilamente em uma hora terminando assim este espectacular dia, na altura ainda não tinha gps, foi pena porque iria dar uns valores interessantes, foi seguramente uns 1500m de desnível positivo e umas boas 8 horas de caminhada efectiva, a distância percorrida não deve ter ficado muito longe dos 25km. Assim terminou mais um fim de semana muito bem passado no Alto Valais, venham mais!
Vamos aos registos fotográficos 
pastores por meia hora

ponte suspensa
percurso efectuado
longas exposições da noite anterior
ao centro o Simplon e na base do vale Brig
agora de manhã

Belalp



os sempre elucidativos painéis com os nomes dos picos


Belalp



a Xarah
e nós por cá

miradouro Tyndalldenkmal
mais um painel 

360 Tyndalldenkmal

glaciar Aletsch
agora sem zoom





hotel Aletschbord
credo, tanta opção...

glaciar Aletsch

nós por cá
impressionante esta parte






as castiças que nos seguiram






Oberaletsch






ponte suspensa
ponte suspensa
ponte suspensa
ponte suspensa
ponte suspensa
e nós por cá
Rio Massa
Rio Massa
ponte suspensa




o tal pântano

painel que informa sobre a fragilidade da zona


forno de cal
o que sobra
bela floresta



toca a descer
impressionante

barragem ao fundo


Stausee Gibidum

Stausee Gibidum

estrutura metálica que subimos ao encontro da estrada



Xarah, a coisa boa
regresso a Taatsche
regresso ao local de início
tás velhota Xarah

Sem comentários:

Enviar um comentário