Randonnée en Montagne

Randonnée en Montagne

31-10-2015 Mottec - Mayens de Barneuza - La Remointse - L' Omen Roso - Frilihorn - Crete de Barneuza - Alpage nava

texto e fotografias: Xavier
ficha técnica
distância: 19,30km
subida total: 1575m
descida: 1575m
altitude máx: 3144m
altitude min: 1560m
caminhada efectiva: 6h30m/7h
tipo: circular
track: aqui

A meio da semana nevou até aos 1700m mas seguiram-se logo 2/3 dias de céu limpo e temperaturas elevadas para a época, ora para este fim de semana equacionámos subir novamente a um pico 3000, cujo caminho fosse sempre por uma face Sul, uma vez que tudo que fosse encostas Norte havia neve a partir dos 2100m.
Para este Sábado voltámos a um dos nossos vales favoritos, o Val d'Anniviers, estacionámos em Mottec(1556m) situado antes de Zinal, a nossa ideia era apontar ao Col des Arpettes(3044m) e depois subir a um pico na área.
Começamos a subir para Norte embrenhados na floresta até Les Bourimonts, altura em que saímos da linha de árvores e invertemos a direcção rumo a Sul, minutos depois passamos nos Mayens de Barneuza(2211m), continuamos para Este na direcção do Col des Arpettes, uma hora depois passamos em La Remointse(2414m) e abandonamos a ideia de ir para o Col des Arpettes, tinha bastante neve. Apontamos então para Norte para a Crete de Barneuza saindo do trilho marcado, a progressão é fácil, a subida pouco íngreme.
Chegados à crista estávamos perto dos 3000m, continuamos para Este e rapidamente passamos no L'Omen Roso(3031m) que se atinge facilmente, o dia estava fenomenal e as vistas também, entretanto a continuação da aresta para SE tinha bom aspecto e a subida para o Frilihorn(3124m) parecia bastante acessível, como ainda tinha tempo dei lá uma saltada enquanto que a Tixa me esperou ao lado do L'Omen Roso. As vistas no Frilihorn são semelhantes às do L'Omen Roso, sendo que fica mais próximo do Bishorn e do vale de Turtmann, as cores e as sombras de final de dia proporcionavam um cenário sublime.
Chegava a hora de regressar, tínhamos menos de 2 horas de luz mas isso nunca seria problema, andamos sempre com os frontais que temos utilizado nas últimas caminhadas. Seguimos pela Crête de Barneuza até aos 2800m, altura em que saímos para Norte descendo para a Alpage Nava, uma vez mais fora de trilho, esta parte foi engraçada com acumulações de neve na ordem dos 40/50cm, na zona da Alpage Nava passamos por uma carcaça de um chamois ao pé de uma linha de água, na zona vimos também fezes de lobo, eles andam aí.
Da Alpage Nava(2523m) continuamos para Oeste apontando ao trilho dos colos alpinos onde chegamos rapidamente, contornamos a encosta a Sul pelo percurso da prova de trail Sierre-Zinal(das mais bonitas do mundo), um pouco antes de passar novamente em Mayens de Barneuza saímos para Oeste e reencontramos
 o mesmo trilho que utilizámos na subida, os últimos 45 minutos do regresso a Mottec foram feitos de noite, chegámos a Mottec com o céu carregadíssimo de estrelas.
Mais um magnífico dia no Val d'Anniviers, que até à data só nos traz boas recordações.
Vamos aos registos
Mottec





Zinalrothorn, Besso e Dent Blanche

o Outono ao rubro

Zinalrothorn e Besso

Mayens de Barneuza



em direcção ao Col des Arpettes


La Remointse
Col des Arpettes

Dent Blanche à esquerda
a Xarah
Crete de Barneuza

L'Omen Roso ao centro
Bishorn e Weisshorn


na direcção do Frilihorn

L'Omen Roso
Crete de Barneuza
a Xarah
mariola no L'Omen Roso
Barrhorn
Bishorn e Weisshorn
direcção Frilihorn
panorama SO
Dents du Midi e Muverans

Aig. Rouges de Arolla
direcção do Frilihorn
L'Omen Roso






esta é a mariola que marca o Frilihorn creio eu
panorama E
panorama O

Wildhorn à esquerda
panorama N
Vale de Turtmann
panorama E

face Norte do Frilihorn

vale de Turtmann

uma vez mais o Bishorn e o Weisshorn
eu no Frilihorn

no regresso

Crete de Barneuza

em direcção a Alpage Nava




resto de um chamois
eles andam aí

Alpage Nava





Val d'Anniviers
no regresso a Mottec

Sem comentários:

Enviar um comentário